Uma visão geral do utilitário DTExec no SSIS

Uma visão geral do utilitário DTExec no SSIS

Uma visão geral do utilitário DTExec no SSIS 1
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


O DTExec é uma ferramenta usada para configurar e executar pacotes SSIS (SQL Server Integration Services). Muitos desenvolvedores e administradores de banco de dados usam essa ferramenta, especialmente ao automatizar a execução de pacotes usando aplicativos de terceiros ou linguagens de programação não suportadas.

Este artigo apresentará essa ferramenta para você e também ajudará você a entender como e quando devemos usá-la.

O que é um utilitário DTExec?

A ferramenta DTExec é uma ferramenta de prompt de comando desenvolvida pela Microsoft usada para configurar e executar pacotes SSIS sem precisar das ferramentas de dados do Business Intelligence Development Studio ou SQL Server. Ele pode executar pacotes SSIS a partir de um sistema de arquivos (* .dtsx), um arquivo de projeto (* .ispac), o banco de dados msdb, o servidor Integration Services ou o repositório de pacotes SSIS.

Essa ferramenta pode acessar todas as configurações de pacotes, como variáveis, parâmetros, gerenciadores de conexões, log.

Quando esta ferramenta está instalada?

Para muitas pessoas, não está claro qual é o recurso do SQL Server que instala o utilitário DTExec. Koen Verbeeck (consultor de BI) escreveu um ótimo artigo sobre isso e há duas maneiras de instalar essa ferramenta:

  1. Instalando as ferramentas de gerenciamento do SQL Server (Management Studio): O utilitário DTExec está instalado, mas não está disponível no prompt de comando. É usado apenas pelo Assistente de Importação e Exportação do SQL Server

  2. Instalando as ferramentas de cliente do SQL Server Integration Services: Esta ferramenta será instalada e disponível no prompt de comando

Quando uma ferramenta utilitária DTExec é usada?

Como explicamos em nosso artigo publicado anteriormente, Alternativas Biml: Criando pacotes SSIS programaticamente usando o ManagedDTS, existem duas abordagens para acessar o modelo de objeto dos serviços de integração; nativo ou gerenciado.

O Integration Services oferece suporte total ao Microsoft .NET Framework. Isso permite que os desenvolvedores acessem o modelo de objeto de serviço de integração totalmente gerenciado para desenvolver, gerenciar e executar pacotes. Além disso, o modelo de objeto gerenciado é usado pelo designer do SSIS (BIDS ou SSDT), assistentes do SSIS.

O utilitário DTExec é usado quando precisamos acessar o modelo de objeto. Ainda assim, não estamos usando um idioma suportado pelo .NET ou precisamos executar pacotes a partir da linha de comando, arquivo em lote ou agendador do Windows.

Como podemos usá-lo manualmente?

Por padrão, essa ferramenta é instalada nos caminhos dos arquivos executáveis ​​do DTS: “ Microsoft SQL Server DTS Binn ”e que é adicionado à variável de sistema“ path ”.

Os caminhos DTS Binn em que o utilitário dtexec está localizado são adicionados, por padrão, à variável de ambiente do sistema de caminhos

Figura 1 – Valores das variáveis ​​do sistema de caminho

Começando

Para iniciar esta ferramenta, basta abrir o prompt de comando e executar o comando “dtexec”, você receberá uma mensagem informando que “Pelo menos uma das opções DTS, SQL, ISServer ou Arquivo deve ser especificada”.

executando o comando dtexec no prompt de comando

Figura 2 – Mensagem de erro de opções ausentes

Agora, vamos tentar listar todas as opções disponíveis executando o seguinte comando:

mostrando a ajuda incorporada do utilitário dtexec

Figura 3 – listando todas as opções disponíveis

Executando um pacote a partir de um sistema de arquivos

Para executar um pacote SSIS a partir de um sistema de arquivos, você deve usar a opção “/ F” ou “/ FILE” e especificar o caminho do arquivo do pacote. Como um exemplo:

Executando um pacote a partir de um arquivo de projeto

Para executar um pacote a partir de um arquivo de projeto de serviços de integração (* .ispac), você deve especificar o caminho do arquivo de projeto após a opção “/ Project” e o nome do arquivo de pacote após a opção “/ Package”. Como um exemplo:

Executar um pacote do Integration Services Server

Para executar um pacote a partir de um servidor do Integration Services (SSISDB), você deve especificar a instância do SQL Server após a opção “/ Ser” ou “/ Server” e o caminho do pacote no SSISDB após a opção “/ ISServer”. Como um exemplo:

Observe que apenas usuários com autenticação do Windows podem executar pacotes SSIS a partir do servidor de serviços de integração.

Executar um pacote de um repositório de pacotes SSIS

A principal diferença entre o servidor de serviços de integração e o repositório de pacotes SSIS é que os pacotes armazenados no repositório de pacotes SSIS são implementados usando o modelo de implantação de pacote herdado. Por outro lado, os pacotes no servidor de serviços de integração são implantados no servidor do Integration Services usando o modelo de implantação do projeto.

Para executar um pacote armazenado no armazenamento de pacotes SSIS, você deve usar a opção “/ D” ou “/ Dts” antes de passar a pasta do sistema de arquivos no armazenamento de pacotes. Como um exemplo:

Executando pacote do MSDB

Para executar um pacote armazenado no banco de dados Msdb, você deve usar a opção “/ S” ou “/ SQL” antes de passar o caminho do pacote no banco de dados Msdb. Você também deve especificar a instância do SQL Server usando a opção “/ Ser” ou “/ Server”. Como um exemplo:

Observe que se você precisar executar o pacote usando a autenticação SQL, poderá usar a opção “/ U” ou “Usuário” para especificar o nome do usuário e a opção “/ P” ou “/ / Senha” para escrever a senha. Como um exemplo:

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Passando parâmetros

Para passar um valor de parâmetro (Pacote ou Projeto), você deve usar a opção “/ Par” ou “/ Parameter” com o nome e o valor qualificados do parâmetro separados por ponto e vírgula (;). Você deve usar esta opção para cada parâmetro. como segue:

Observe que esta opção está disponível apenas com a opção “/ ISServer”.

Passando variáveis

Para passar um valor de variável, você deve usar a opção “/ Set” com o nome e o valor qualificados da variável separados por ponto e vírgula (;). Além disso, você deve usar esta opção para cada variável. Como um exemplo:

Observe que também podemos usar esta opção para definir o valor do parâmetro.

Editando conexões

Você pode definir a propriedade de cadeia de conexão de um gerenciador de conexões usando a opção “/ Connection” com o nome do gerenciador de conexões ou GUID e o valor da string de conexão. Como um exemplo:

Definir nível de log

Você pode adicionar o log de pacotes, mas use a opção “/ L” ou “/ Logging” com o provedor e a conexão. Como exemplo:

Definir nível de relatório

Você pode definir o nível de relatório do pacote usando a opção “/ Reporting”. Você deve selecionar as opções de relatório na lista abaixo:

  • N (sem relatório)

  • E (erros são relatados)

  • W (avisos são relatados)

  • I (Mensagens informativas são relatadas)

  • C (Eventos personalizados são relatados)

  • D (eventos de tarefa de fluxo de dados são relatados)

  • P (O progresso é relatado)

  • V (relatório detalhado)

Por padrão, o nível de relatório é definido como E, W e P.

Código de saída do pacote

Quando o DTExec é executado, ele retorna um código de saída que reflete o nível de erro. A seguinte lista de códigos de saída foi retirada da documentação oficial:

  • 0: O pacote foi executado com sucesso

  • 1: O pacote falhou

  • 3: O pacote foi cancelado pelo usuário

  • 4: O utilitário não conseguiu localizar o pacote solicitado. Não foi possível encontrar o pacote

  • 5: O utilitário não pôde carregar o pacote solicitado. Não foi possível carregar o pacote

  • 6: O utilitário encontrou um erro interno de erros sintáticos ou semânticos na linha de comando

Validando pacotes

O utilitário DTExec não é usado apenas para executar pacotes; serve como uma ferramenta de validação. Para validar um pacote, você pode usar a opção “/ Validar”.

Existe alguma ferramenta relacionada?

Existe uma ferramenta relacionada chamada DtExecUI, que é uma interface de usuário para este utilitário. Este utilitário é usado quando você tenta executar um pacote do SQL Server ou quando você o abre na linha de comando usando o comando “dtexecui”.

32 bits vs. 64 bits

Você pode executar pacotes SSIS no modo de 32 ou 64 bits. Como mencionamos acima, esse utilitário é instalado em dois caminhos Arquivos de Programas e Arquivos de Programa (x86). Com base nisso, se você precisar executar o pacote SSIS no modo de 32 bits, use o executável no diretório Arquivos de Programa (x86) caminho. Para o modo de 64 bits, você deve usar o outro caminho.

Conclusão

Neste artigo, explicamos o que é o utilitário DTExec? Quando é instalado? E ilustramos algumas das diferentes opções relacionadas a essa ferramenta, fornecendo exemplos.

Hadi Fadlallah
Últimas mensagens de Hadi Fadlallah (ver todos)

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br
Leia Também  Tabelas Mágicas no SQL Server