Introdução ao SSISDB

Introdução ao SSISDB


Neste artigo, explicarei como começar a usar o banco de dados SSISDB, também conhecido como banco de dados do Catálogo SSIS. No meu artigo anterior, forneci uma visão geral desse banco de dados de catálogo do SSIS em detalhes. Eu recomendo que você leia esse artigo, antes de prosseguir com isso, se quiser entender como o banco de dados de catálogo do SSIS funciona. O banco de dados do catálogo SSIS é um único banco de dados no qual você pode implantar todos os seus pacotes SSIS e, em seguida, organizar e gerenciar esses pacotes centralmente.

Criando o pacote SSIS

Para começar, vamos começar criando o pacote SSIS que usaremos para demonstrar como usar o banco de dados SSISDB. Vá para o Visual Studio e comece criando um novo Projeto Integration Services. Este será um pacote muito simples que possui uma tarefa de fluxo de dados. Simplesmente leremos os dados de uma tabela de origem no SQL Server e os gravaremos novamente em uma tabela de destino em um banco de dados diferente do SQL Server. Para demonstrar o uso de variáveis ​​de ambiente, também teremos dois bancos de dados para cada DEV e PROD, conforme a seguir.

  • SQLShackDemo_DEV

    • SourceTable

    • DestinationTable

  • SQLShackDemo_PROD

    • SourceTable

    • DestinationTable

Você pode executar o script a seguir para criar essas quatro tabelas e inserir alguns dados fictícios nela.

Depois de executar o script acima, você pode ver as seguintes informações já disponíveis nas tabelas.

Tabelas DEV e PROD

Figura 1 – Tabelas DEV e PROD

Vamos começar adicionando o gerenciador de conexões ao projeto SSIS. Clique com o botão direito do mouse no painel para criar os gerenciadores de conexão da seguinte maneira.

Criando o Gerenciador de conexões OLEDB para origem

Figura 2 – Criando o Gerenciador de conexões OLEDB para origem

Clique Novo para criar um novo gerenciador de conexões.

Criando o novo gerenciador de conexões

Figura 3 – Criando o novo gerenciador de conexões

Especifique o Nome do servidor e a nome do banco de dados e clique em Conexão de teste. Se a conexão for bem-sucedida, você pode clicar em Está bem e seguir em frente. Por enquanto, seguiremos em frente selecionando o SQLShackDemo_DEV base de dados.

Conectando ao banco de dados DEV

Figura 4 – Conexão ao banco de dados DEV

Depois que o gerenciador de conexões for criado com sucesso, você poderá vê-lo no painel Gerenciadores de conexões abaixo. Vamos agora criar a tarefa de fluxo de dados.

Criando a tarefa de fluxo de dados

Arraste e solte um Tarefa de fluxo de dados ao Controle de fluxo painel da janela do SSIS. Dentro da tarefa de fluxo de dados, adicione os dois objetos a seguir.

  • Fonte OLEDB

  • Destino OLEDB

Para Fonte OLEDB, selecionaremos o SourceTable e para Destino OLEDB, selecionaremos o DestinationTable.

Selecionando a fonte de dados para a fonte OLEDB

Figura 5 – Selecionando a fonte de dados para a fonte OLEDB

Editor de destino OLEDB

Figura 6 – Editor de destino OLEDB

Depois que os dois objetos estiverem configurados corretamente, você poderá mapear as colunas de acordo. Finalmente, você pode ver o seguinte.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Tarefa de fluxo de dados criada

Figura 7 – Tarefa de fluxo de dados criada

Construindo e executando o pacote SSIS

Agora que terminamos de criar nosso pacote SSIS, vamos em frente e construí-lo. Selecione Construir na barra de menus e clique em Solução de compilação.

Solução de compilação

Figura 8 – Build Solution

Assim que você cria seu projeto, você pode ver a janela de construção na parte inferior. Você pode ler as mensagens até ler Construção concluída.

Construção concluída

Figura 9 – Compilação concluída

Agora que nosso pacote SSIS foi criado, podemos prosseguir e executar este pacote. Acertar F5 no seu teclado ou clique em Começar na barra de menus. À medida que o projeto é executado, ele transfere todos os registros da tabela de origem para a tabela de destino.

Projeto SSIS executado

Figura 10 – Projeto SSIS executado

Implantando o arquivo ISPAC no SSISDB

Até o momento, criamos nosso pacote SSIS e o executamos no modo de depuração. Agora vamos em frente e tentar implantá-lo. Podemos então executar o pacote diretamente do banco de dados SSISDB. Sempre que construímos um projeto SSIS, a saída da compilação é um ISPAC arquivo, também conhecido como Euintegração Servas
Pacarquivo kage. Você pode encontrar facilmente esse arquivo navegando no bin diretório da solução SSIS. Se houver um DBA em sua organização, você poderá entregar esse arquivo ISPAC para eles e, em seguida, executar a implantação no ambiente de produção.

Navegando no arquivo ISPAC

Figura 11 – Navegando no arquivo ISPAC

Agora, como mencionado no meu artigo anterior, há várias etapas que você pode optar por implantar seu arquivo ISPAC da seguinte maneira:

  • Usando o SQL Server Management Studio

  • Usando o SQL Server Data Tools / Visual Studio

  • Usando scripts TSQL

Para fins deste tutorial, prosseguiremos com o SQL Server Management Studio Opção (SSMS). Vá para o SSMS e expanda o banco de dados SSISDB. Clique com o botão direito e selecione Criar pasta. Uma pasta é um grupo lógico que você pode considerar disponível no banco de dados SSISDB. Você pode organizar seus vários projetos do SSIS nessas pastas. Normalmente, tento criar uma pasta para cada um dos clientes com quem trabalho. O uso dessa maneira me ajuda a isolar todos os projetos de um cliente em uma única pasta no banco de dados SSISDB. Dê a esta pasta um nome válido e é isso.

Criando uma pasta no SSISDB

Figura 12 – Criando uma pasta no SSISDB

Você será solicitado a fornecer um nome e uma descrição para esta nova pasta. Por favor proceda de acordo. Clique em
Está bem Uma vez feito.

Criando o SQLShackDemoFolder

Figura 13 – Criando o SQLShackDemoFolder

Você pode ver que esta pasta agora está presente no banco de dados SSISDB. Agora você é bom em implantar o projeto SSIS. Expanda o nome da pasta e lá você pode ver os dois objetos – Projetos e
Ambientes. Clique com o botão direito do mouse no projeto e selecione Implantar projeto para implantar nosso arquivo ISPAC no banco de dados do catálogo SSIS. Isso abrirá o Assistente de Implantação do Integration Services, onde você pode especificar o local do pacote.

Assistente de Implantação do Integration Services

Figura 14 – Assistente de Implantação do Integration Services

Clique em Próximo seguir em frente. Na próxima janela exibida, selecione o modelo de implantação como
Implantação do Projeto e insira o caminho do arquivo ISAPC no diretório

Modelo de implantação do projeto

Figura 15 – Modelo de implantação do projeto

Na próxima página, você precisa fornecer o destino onde o pacote será implantado. Introduzir o
Nome do servidor com o correto Tipo de Autenticação e clique
Conectar. Você pode ver que o caminho da pasta já está disponível onde o arquivo ISPAC será implantado.

Implantando o projeto SSIS

Figura 16 – Implantando o projeto SSIS

Clique em Implementar uma vez concluído. O assistente levará algum tempo e implantará o projeto na pasta selecionada.

Projeto SSIS implantado

Figura 17 – Projeto SSIS implantado

Além disso, você pode atualizar a pasta e ver o projeto sendo implantado aqui com êxito. Agora vamos em frente e configurar este pacote para executar com os dados de produção. Clique com o botão direito do mouse no nome do projeto e selecione
Configurar.

Configurar projeto

Figura 18 – Configurar projeto

No Configurar janela, selecione a guia para Gerentes de conexão e atualize o InitialCatalog como mostrado na figura abaixo e clique em Está bem.

Projeto configurado

Figura 19 – Configurando o projeto

Agora, se você executar o projeto, poderá ver que os dados estão sendo preenchidos no diretório SQLShackDemo_PROD base de dados.

Tabela de destino

Figura 20 – Tabela de destino

Conclusão

Neste artigo, expliquei como começar a usar o SSISDB no SQL Server. Esse banco de dados, também conhecido como catálogo do SSIS, é o único banco de dados na instância do SQL Server que contém todos os pacotes do SSIS. Com esse banco de dados de catálogo, você pode implantar facilmente todos os seus pacotes SSIS em um local central e administrá-lo facilmente. Você pode organizar esses pacotes em várias pastas e criar projetos em cada uma dessas pastas. Eu já falei sobre a estrutura do banco de dados do catálogo SSIS em um dos meus artigos anteriores. Sinta-se à vontade para lê-lo uma vez, caso tenha alguma dúvida sobre a estrutura e a visão geral do banco de dados do catálogo SSIS.

Aveek That
Últimas mensagens de Aveek Das (ver todos)

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br
Leia Também  Mudando de idéia - SQLBlog